Uma grata surpresa: Parque Arqueológico e Ambiental de São João Marcos

1
395

Um parque secreto, quase que escondido de tudo e de todos – essa era a ideia que eu tinha do Parque Arqueológico e Ambiental de São João Marcos. Na verdade, o parque realmente não é muito divulgado, mas quem conhece vai, repete, e indica!

Conheça o Parque Arqueológico e Ambiental de São João Marcos

Ruínas do Parque Arqueológico e Ambiental de São João Marcos - Viagens Bacanas

Apesar de ter sido inaugurado em 2011, confesso que eu nunca tinha escutado nada sobre o Parque Arqueológico e Ambiental de São João Marcos. Talvez por não ser de fácil acesso (não há transporte público para lá), o mesmo não seja tão conhecido, mas se você tiver um carro eu garanto que é uma bela e interessante visita.

Sobre o Parque Arqueológico e Ambiental de São João Marcos

O Parque Arqueológico e Ambiental de São João Marcos é um verdadeiro museu a céu aberto e tem como objetivo reverter o processo de esquecimento de São João Marcos, recuperando a memória dessa antiga cidade do Vale do Café Fluminense. Além disso, o parque é um espaço de preservação da natureza e de divertido aprendizado.

O espaço é uma Reserva Particular de Proteção Natural pertencente à empresa Light, mantido com o patrocínio da empresa, através do Governo do Estado do Rio de Janeiro, Secretaria de Cultura e Lei de Incentivo à Cultura, e da Agência Nacional de Energia Elétrica – Aneel.

Localização do Parque Arqueológico e Ambiental de São João Marcos

O Parque Arqueológico e Ambiental de São João Marcos fica localizado em Rio Claro, mais precisamente na estrada Rio Claro – Mangaratiba.

Conhecendo e Explorando o Parque

Como o parque fica localizado numa área mais isolada, não há sinal de telefone ou internet dentro do Parque. O que pode parecer meio desesperador para alguns, acaba por se tornar perfeito para esse tipo de visita. O parque está em meio à natureza, cercado de vegetação por todos os lados. Ao chegar lá, uma mudança, mesmo que involuntária, acontece… você começa a se desconectar do mundo urbano e começa a ouvir os sons da natureza. Parece até que os passarinhos vêm receber os visitantes e desejar boas vindas.

Natureza no Parque Arqueológico e Ambiental de São João Marcos

O que Ver e Fazer no Parque Arqueológico e Ambiental de São João Marcos

O parque tem uma enorme área verde a ser explorada. Logo na entrada do parque há uma placa desejando boas vindas e informando sobre algumas regras para ajudar na preservação do mesmo.

Entrada do Parque Arqueológico e Ambiental de São João Marcos

Após alguns passos, já nos deparamos com a sede do parque, onde há um quiosque, banheiros, e um Centro de Memória.

Sede  e recepção do Parque Arqueológico e Ambiental de São João Marcos

Logo na entrada somos convidados a assinar a nossa presença com a data da visita.

Chegada ao ao Parque Arqueológico e Ambiental de São João Marcos

Centro de Memória do Parque Arqueológico e Ambiental de São João Marcos

O Centro de Memória, onde é feito o acolhimento dos visitantes, é uma espécie de sala com painéis, fotos, textos e objetos arqueológicos. Uma maquete da antiga cidade de São João Marcos impressiona pela riqueza dos detalhes.

Maquete do Centro de Memória do Parque Arqueológico e Ambiental de São João Marcos

No local ainda há uma televisão onde é exibido um vídeo contando um pouco da história do local e com depoimentos e relatos da história de vida e lembranças de antigos moradores da região.

Ruínas e jardins do Parque Arqueológico e Ambiental de São João Marcos

O Parque está inserido numa enorme área de 930 mil metros quadrados. Há espaço de sobra para passear, relaxar deitado sobre a grama, explorar as antigas ruínas, ou até mesmo fazer piqueniques.

O espaço onde ficam as ruínas é super interessante e um lugar muito bacana para se fazer ótimas fotos e ensaios fotográficos.

O que você não pode fazer no Parque:

É terminantemente proibido:

  • Subir nas ruínas
  • Nadar na represa
  • Acampar
  • Fazer churrasco ou fogueira
 Parque Arqueológico e Ambiental de São João Marcos

Eventos e Programação do Parque

O Parque Arqueológico e Ambiental de São João Marcos sempre promove atividades e eventos extras. Durante a nossa visita o Parque promoveu o evento gratuito ‘Todo Dia é Dia de Índio’, com atividades dedicadas à valorização dos elementos étnicos da formação do povo brasileiro. O Parque recebeu a visita de integrantes da terra indígena guarani do distrito de Bracuí, em Angra dos Reis, que compartilharam sua cultura e costumes com os visitantes.

Confira no Facebook do Parque o calendário de eventos com toda a programação disponível:

Obs: Os eventos no Parque são ao ar livre e por essa razão podem ser cancelados devido às condições climáticas.

Onde Comer no Parque Arqueológico e Ambiental de São João Marcos

Dentro do Parque, ao lado de Centro de Memória está o Quiosque São João Marcos. O quiosque funciona durante o horário de visitação e oferece quitutes e bebidas para consumo. È possível comprar também o café orgânico plantado no Parque, biscoitos, doces e geleias.

Para refeições mais completas é necessário agendar com antecedência pelo e-mail thinaaleeone@hotmail.com.

Quiosque  do Parque Arqueológico e Ambiental de São João Marcos

Obs: O Quiosque São João Marcos só aceita dinheiro em espécie, nada de cartão de crédito ou débito.

Funcionamento & Visitação & Visitas Guiadas:

  • O Parque funciona de quarta a sexta-feira (inclusive feriados), das 10h às 16h. Aos sábados e domingos o horário é das 9h às 17h.
  • A entrada é gratuita, assim como o estacionamento.
  • O parque oferece visitas mediadas (com guia) gratuitas para grupos de 10 pessoas ou mais. As visitas, incluindo escolas, devem ser agendadas previamente pelo e-mail contato@saojoaomarcos.com.br

Informações Práticas sobre o Parque Arqueológico e Ambiental de São João Marcos

  • Banheiro com acessibilidade à portadores com necessidades especiais
  • Lojinha com lembrancinhas do Parque à venda
  • Banheiro com acessibilidade
  • Animais de estimação são bem vindos
  • Não há sinal de telefone ou internet dentro do Parque
  • Quiosque com petiscos e bebidas à venda
  • Estacionamento gratuito

Como Chegar ao Parque Arqueológico e Ambiental de São João Marcos

Não há transporte público até o Parque, mas você alugar um carro para chegar até lá.

Saindo da cidade do Rio de Janeiro existem duas maneiras de se chegar ao Parque Arqueológico e Ambiental de São João Marcos:

Chegando ao Parque pela Serra:

  • Siga a Via Dutra (BR-116) em direção a São Paulo.
  • Pegue a saída 237 e, em seguida, vire à esquerda em direção a cidade de Rio Claro.
  • Ao passar pela entrada da cidade de Rio Claro, vire à esquerda, entre na estrada RJ-149.
  • Descendo a estrada em sentido a Mangaratiba, a entrada do Parque fica à esquerda da pista, aproximadamente 20km de Rio Claro.

Chegando ao Parque pelo Litoral:

  • Siga a Avenida Brasil em direção a Santa Cruz.
  • Entre na rodovia Rio-Santos (BR-101) em direção a Angra dos Reis.
  • No trevo de Mangaratiba, vire à direita para pegar a Serra do Piloto (RJ-149).
  • Alguns trechos estão protegidos pelo Patrimônio Histórico Nacional e por isso mantém o calçamento original de pedras e terra.
  • Subindo a estrada em sentido a cidade de Rio Claro, a entrada do Parque fica à direita da pista, aproximadamente 20km de Mangaratiba.
  • Endereço: Estrada RJ-149 (Rio Claro-Mangaratiba) Km 20 – Rio Claro/RJ

Um pouco da história da cidade de São João Marcos

A história de São João Marcos se inicia em 1739 com a construção de uma capela dedicada ao santo pelo fazendeiro João Machado Pereira. Em volta do singelo templo cresceu um povoado privilegiado pelas condições naturais para o cultivo do café, fruto que nos 200 anos seguintes projetaria a cidade como uma das mais ricas do Brasil Colônia e Imperial. São João Marcos cresceu e se desenvolveu por meio de mãos negras na produção do ‘ouro verde’. O Ciclo do Café atingiu o auge da prosperidade em torno de 1850 quando São João Marcos – núcleo urbano e área rural – chegou a ter 18 mil habitantes, sendo oito mil escravizados, a maioria pertencente ao maior cafeicultor da região, Comendador Joaquim José de Souza Breves.

São João Marcos era uma cidade formada por uma dezena de ruas, três largos e algumas travessas. A área urbana era composta de casas de construção térrea e sobrados neoclássicos e o calçamento feito de pedra de cantaria. Tinha prefeitura, câmara municipal, cadeia, duas escolas públicas, agência de correios, hospital, duas igrejas (Matriz e Nossa Senhora do Rosário), dois cemitérios, teatro (São João Marcos, mais tarde também conhecido como Tibiriçá), estação meteorológica, time de futebol (Marcossense F.C.), lojas de comércio e dois clubes (Marquense, frequentado pela elite; e o Prazer das Morenas, mais popular), com suas
romântica; patrono da cadeira nº 11 da ABL. Em 1939, São João Marcos foi tombada pelo órgão de proteção do patrimônio histórico e artístico da época. No ano seguinte, entretanto, foi destombada por decreto do presidente Getúlio Vargas. A cidade foi então desocupada e demolida devido à previsão de alagamento do seu perímetro urbano. A inundação, decorrente do aumento da capacidade de armazenamento do reservatório de Ribeirão das Lajes, foi necessária para a construção da Usina de Fontes Nova, até hoje em funcionamento.

Veja mais sobre a história da cidade no site do Parque Arqueológico e Ambiental de São João Marcos. Para Maiores Informações:

Dica Bacana: Não há onde se hotel perto do Parque, mas você pode se hospedar numa pousada em Mangaratiba ou em Angra dos Reis e aproveitar para conhecer o Parque Arqueológico e Ambiental de São João Marcos.

Booking.com

Agradecimentos Especiais:

Esse passeio foi uma parceria feita entre o Parque Arqueológico e Ambiental de São João Marcos, o Instituto Cultural Cidade Viva (ICCV), e um grupo de blogueiros de viagem da célula RBBV-RJ.

Meu agradecimento especial à Christina Lima do departamento de Comunicação do Instituto Cultural Cidade Viva (ICCV), que nos acompanhou e que foi nossa guia durante todo o passeio.

Visita guiada ao Parque Arqueológico e Ambiental de São João Marcos - Viagens Bacanas

Ao final do passeio a Christina nos presenteou com um lindo livro do Parque.

Livro do Parque Arqueológico e Ambiental de São João Marcos

Agradeço também ao Wallace e à Kelly do Blog Deixa Eu Viajar que fizeram o contato e que nos proporcionaram esse excelente passeio.

E se você gostou e quer complementar ainda mais a sua leitura sobre o Parque Arqueológico e Ambiental de São João Marcos, veja abaixo a lista dos blogs de viagem que fizeram esse passeio conosco.

Salve essa imagem abaixo no seu Pinterest para consultar depois:

Parque Arqueológico e Ambiental de São João Marcos - Viagens Bacanas

Central de Reservas Viagens Bacanas
Sua viagem organizada em um só lugar

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário
Digite seu nome aqui